terça-feira, 7 de março de 2017

Uma volta celestial



Eu não tenho nada mais do que o conhecimento do agora, 
O ontem só se encaixou como uma peça do meu quebra-cabeça.
O que fazer quando se tem dúvidas?
Ah, são tantas as dúvidas!
Mas, como enfrentar esse universo tão vasto,
tão cheio de informações?!
Às vezes, devorar livros, não adianta muito.
Porém, até me sacia um pouco,
dando asas à minha imaginação fértil demais.
Porque dá mais vontade ainda de ver tudo pessoalmente.
As estrelas de perto devem ser uma visão de hipnotizar.
Imagina então ver os outros planetas, 
as outras galáxias,
ou outros universos!
Quanta informação!
Viver na Terra, às vezes,  me sufoca.
Com tanta coisa para explorar fora dela.
Sei que quando meu corpo dorme, 
meu espírito vai passear.
E como passeia esse danado!
Quanta coisa ele sabe e eu não.
Eu acordo com tanta lembranças,
de tantos lugares que nunca vi,
outros que tenho leves impressões!
Meu Deus, é muita maravilha.
Meu inconsciente não é capaz de me dizer tudo.
Mas, em minha consciência há as leis divinas,
e é através delas que vem o freio nas etapas.
Não posso pular etapas. 
Sou mais do tipo que espera mais do que o normal, 
a começar pelo meu nascimento,
aos 10 meses de gestação minha mãe teve parto normal.
Uma loucura, poderia ser deficiente física, devido as ossos que quebraram,
mas, eu recebi uma benção muito iluminada, 
para ser tão perfeita e ter tempo para fazer tanta coisa.
E ainda, estudar a existência.
São tantas informações, que me deixam querendo mais.
Acho que nunca vou ficar saciada de verdade.

Nenhum comentário:

Postar um comentário