domingo, 2 de novembro de 2014

Para meu amor


É meu amor...
O tempo realmente é um sacana, às vezes dá umas batidas.
Sabe, todas as vezes que te olhei você me quis por perto
Mas, a vida está me tirando você aos poucos, 
Ou talvez me distraindo demais a ponto de me fazer ficar ocupada.
Não entendo bem por que, e sei que você também não sabe.
Ainda tenho muito que aprender, essa vida é só uma fatia.
Não consigo ser orgulhosa por muito tempo
Eu gosto de pensar que ninguém é nada sozinho
De fato sozinha não sou nada, eu sempre preciso de alguém.
Ainda bem que nunca estou sozinha.
E seria triste se não tivesse nem seu olhar.
Mas tenho, e sei que ele reside em mim

Estamos junto colhendo as estrelas do céu aos poucos
logo, teremos nosso próprio céu, todo nosso, cheio de nós dois.
Eu não preciso te ter fisicamente por perto
Já te disse uma vez que não sou apega à matéria
Algumas coisas são necessárias, sou humana, mas só o básico mesmo.
Não consigo dar tanta importância assim pra ela, tem coisas mais.
Creio que o sentimento nosso é muito mais importante.
E sabe meu amor, daqui a pouco seremos mais velhos.
E todo esse processo de construção está nos ensinando.
Todos nós necessitamos de algum alicerce.
Você nem imagina o que se passa na minha mente agora
Sem falar das boas energias, que me ronda e me traz informações.
Que nos dois criamos; um para o outro com carinho.

Mas o que lhe parece em relação à vida?
Não parece um tapa, daqueles bem forte, que te levanta, 
e te diz: Acorda pessoa, você está viva!
É até engraçado pensar dessa forma, 
de um certo modo é mais motivador
em pensar que há muitas dores isoladas ainda
que vez ou outra, vai aparecer alguém e as reavivar
mas tudo isso é só passatempo para fortalecer a alma.
tenha em mente que eu te amo muito.
É só disso que você precisa saber.
E em relação à nossas vidas, só tenha fé.
Tudo que é nosso vai ser nosso.
Não importa como.



Nenhum comentário:

Postar um comentário